Aliança de namoro: compromisso e bom-gosto

| |

A evolução de um relacionamento é motivo de muita alegria por todas as partes, e o principal símbolo deste progresso costuma ser o uso de alianças de namoro para confessar publicamente o amor e o comprometimento do casal e suas intenções genuínas um com o outro em relação à sociedade.

O significado da aliança é muito mais antigo e cheio de história do que se imagina, e conhecer todas estas propriedades só torna ainda mais especial e significativo o símbolo de utilizar uma aliança de namoro.

Etimologia e história da aliança de namoro

A história da aliança remete tão longe quanto o Antigo Egito, onde existem registros de troca de anéis feitos de fibra em formatos circulares. O círculo é comumente um símbolo de eternidade, por não ter fim e nem começo, possuir a perfeição ideal que não se replica no ciclo da natureza, que transcende a vida e a morte.

Os egípcios acreditavam que pelo anelar da mão esquerda passava uma veia que dava diretamente no coração, posteriormente chamada vena amoris pelos romanos.

A origem da palavra “aliança” também remete ao latim, allegare simboliza o conceito de envolver algo, selar uma aliança, unir partes. O símbolo de selar uma aliança é bastante antigo e envolve mais do que apenas relações afetivas entre um casal.

Durante o período antigo dos Gregos e Romanos, a aliança passou a significar a “indisponibilidade” de uma mulher ao se casar, havendo muitos dos homens ido à guerra por longos períodos. Posteriormente, com a tradição da família da esposa dar um dote no casamento, a aliança passou a ser um dos itens simbólicos principais deste evento.

Durante a idade média ela ganha uma conotação menos “prática” e mais simbólica, especialmente dentro da religião Católica, onde a aliança selava um pacto entre o casal e com Deus; era sinal de fidelidade, compromisso e cristandade.

Estilos de alianças

Durante diferentes períodos, as alianças eram estilizadas de formas distintas; as primeiras eram feitas de fibras, posteriormente, em bronze, muitas eram estilizadas com símbolos religiosos ou heráldicos.

Na Renascença elas ganhavam trechos de poemas, e posteriormente, as iniciais do casal.

Durante períodos de guerra, mesmo com o confisco do ouro, muitos casais faziam questão de se casar e trocar alianças. Como o casamento era difícil, devido às atribulações da guerra, muitos casais insistiam em trocar alianças para simbolizar seus compromissos quando a paz retornasse, de forma que alguns governos tiveram de instituir leis para que os casais pudessem mandar fazer alianças com uma gramagem pequena ou materiais alternativos, que muitas vezes utilizavam na mão direita.

Em muitas culturas o casal, além do anel de casado, passa a utilizar também o anel de compromisso/noivado no mesmo dedo, vivendo com dois anéis, como símbolo da evolução daquele compromisso.

Além da aliança de compromisso, noivado e casamento, é muito comum que casais, ao completarem marcos de anos nos aniversários de suas bodas, usem anéis diferentes, simbolizando o material respectivo àquele número de anos de casados, que geralmente é estilizado em uma nova aliança e trocada entre o casal, como se fosse a celebração de um novo casamento, reafirmando a força daquele matrimônio.

Hoje também se celebram as bodas de namoro, que são referenciadas geralmente por itens de festa de casamento, como comidas, flores e outros itens decorativos.

Composição dos anéis de compromisso

O significado da aliança de namoro é selar o comprometimento do casal em evoluir dentro de seu relacionamento. 

Na maior parte, os anéis de casamento são compostos de ouro, geralmente em 18 quilates e lisas.

Já as alianças de namoro costumam ser mais práticas e acessíveis, quando não estilizadas, cravejadas, com desenhos, inscrições, símbolos e jóias, tendo geralmente uma espessura maior, graças aos materiais serem mais acessíveis, e estes costumam ser:

  • Aço Cirúrgico
  • Ouro branco
  • Banhadas à ródio
  • Prata 925

Em qual mão se usa aliança de namoro?

A aliança de namoro pode ser usada da forma que o casal preferir, mas tradicionalmente é utilizada na mão direita, em contraste com a aliança de casamento, usada na mão esquerda, para simbolizar a transitividade da troca do lado da aliança, simboliza que o casal firmou um compromisso e que pensa em ocasionalmente se casar, elo que também é simbolizado com a aliança de noivado.

Está avançando em seu relacionamento e quer dar uma prova especial de seu compromisso? Presenteie com uma aliança de namoro; mais do que um adereço de joalheria, ela simboliza publicamente seu amor e comprometimento. Contando sobre todos estes símbolos especiais e história, seu presente vai ser ainda mais especial e significativo na vida de ambos.

No blog da Céu de Prata você aprende mais sobre joalheria, história e seus símbolos, e em nossa página, confere as mais belas jóias, com beleza singular e condições exclusivas.

Anterior

Saia do básico e surpreenda nos presentes para namorada!

Ear cuff e piercing fake: poderosas propostas de uso

Próximo

Deixe um comentário