Sereismo: o que é? Saiba tudo sobre a tendência

| |

O sereismo é um movimento como nenhum outro, cheio de estilo, criatividade e uma filosofia de vida muito bela. Vale a pena conhecer mais sobre sua estética e se inspirar em diversas peças com o tema, que já é tendência!

Da filosofia à estética

O sereismo é um estilo de vida e estilo estético inspirado na figura das sereias e dos tritões, esses seres místicos que habitaram o imaginário das civilizações por milênios. Seus adeptos vivem de diferentes maneiras essa filosofia e estilo: seja através da moda, do contato muito próximo com o mar e com as criaturas marinhas, consumindo e produzindo artes conceituais sobre o tema…

Uma das manifestações mais características do sereismo é vestir-se de sereia com uma cauda customizada, cheia de cores e texturas. Quem leva mesmo a sério o movimento gosta de aproveitar um dia de praia à caráter, sempre com outros adeptos e entusiastas.

Mão de uma mulher encostado no ombro com item da coleção de Sereismo

A filosofia do sereismo lida diretamente com as questões mar. A começar pela própria imagem da sereia, que é uma figura mitológica com torso feminino e cauda de peixe. Esse ser misterioso e temido seduzia os marinheiros para que naufragassem seus barcos, um mito sustentado por séculos.

Com o tempo, outros aspectos mais positivos e empoderadores foram associados à figura da sereia, especialmente através do cinema. Mas o movimento sereista não é apenas para as mulheres! Os tritões são a versão masculina das sereias, e o movimento também tem muitos adeptos homens.

Outro ponto da filosofia sereísta certamente é a sua relação com o mar: os temas marinhos, a relação próxima com as criaturas do mar, o gosto por nadar e também um senso muito grande de conscientização e preservação da fauna marinha.

O sereísta se sente de fato uma sereia ou tritão: para eles, são mais que importantes a liberdade, a fraternidade com as criaturas do mar, a sensualidade e os mistérios da vida.

Uma breve história

O sereismo não tem necessariamente uma data de criação oficial. Em diferentes momentos da história recente algumas estéticas têm construído as linhas gerais do movimento: no final dos anos 90, alguns subgêneros da cultura clubber já adotavam tons pastéis e furta-cor, com peças de roupa náuticas e berloques de concha e peixes. Os temas marinhos já faziam parte da moda!

Colar da coleção do Sereismo no pescoço de uma cliente

Com a invasão das divas pop, ocasionalmente o tema da sereia surgia, mas Kate Perry foi uma das principais artistas da atualidade a dar um revival no estilo. Foi através dela que o mundo passou a conhecer sereístas profissionais, que produziam caudas e praticavam de forma mais profunda o estilo de vida.

O estilo ganhou ainda mais complexidade com o resgate das estéticas vintage, especialmente ligadas aos anos 90, concentradas no gênero do vaporwave. Os remixes lo-fi de músicas pop japonesas e norte-americanas, além das diversas estéticas de computadores antigos, propagandas dos anos 80, shoppings, praias: tudo isso entra no mistura. Sempre com uma paleta de cores vibrantes, incorporando também o mundo do anime e impulsionando diversas estéticas alternativas.

Um dos subgêneros mais populares do vaporwave foi justamente o Seapunk que, com o uso massivo do efeito reverb, fez muitos remixes soarem como se o som viesse do fundo do mar, com batidas rápidas e um baixo acentuado. A fórmula fez muito sucesso e com ela surgiu a estética seapunk, com o uso de cabelos longos, roupas de streetwear com tons neon, como o rosa fúcsia e o azul neon, especialmente, além de sobrecarregarem a estética facial, como piercings e brincos.

A estética do sereismo

Como vimos, o movimento sereísta é amplo, e nem todos adeptos acabam usando a famosa e amada cauda; alguns adotam outros itens da cultura para formar seus looks.

Mulher com mão no rosto e pulseira de sereismo na mão

Alguns elementos que nunca podem faltar são os artigos com temas do mar: conchas, escamas, estrelas do mar, peixes, caudas, pérolas…

O uso de jóias é um dos principais pontos nessa estética, especialmente em prata envelhecida e tons nacarados: anéis com tons envelhecidos e figuras como conchas estão entre os itens mais buscados pela comunidade.

Uma das principais tendências do sereísmo é justamente abusar do número de jóias temáticas. A oportunidade perfeita para criar aquele mix de colares + mix de pulseiras + mix de anéis sem medo de ser feliz. “Exagerar” nas composições faz parte da tendência!

Coleção Sereismo da Céu de Prata

Apaixonada pelo estilo do sereismo, a Céu de Prata produziu uma coleção muito especial sobre o tema, explorando seus principais elementos. Por lá, você vai encontrar diversas pulseiras e tornozeleiras, brincos, berloques e anéis com os símbolos e as cores desse universo tão rico.

Nem precisa dizer que essa coleção é necessária para o seu verão, né? Passe pela nossa categoria, conheça as peças de perto e deixe a sua sereia interior brincar! A Coleção Sereismos foi feita para cada sereia que está lendo aí, do outro lado da tela.

Anterior

Ear cuff e piercing fake: poderosas propostas de uso

Aprenda como limpar joias de prata com as dicas do Céu de Prata!

Próximo

Deixe um comentário