Conheça 5 tipos de anéis e seu significados

| | ,

Junto com os brincos, os anéis são os acessórios mais procurados pela mulherada. E não poderia ser diferente, é cada anel mais bonito que o outro. Os diferentes modelos, tamanhos e cores em que são encontrados fazem desses acessórios os companheiros inseparáveis para toda e qualquer ocasião.

Assim, podemos dizer que a palavra que mais expressa a singularidade dos anéis é a versatilidade. Afinal, em diferentes tipos de designs, é difícil não encontrar um anel que melhor se adeque a cada situação de uso. Seja um encontro casual a uma formatura, os anéis são acessórios primorosos e, por vezes, muito elegantes.

Mão utilizando diversos aneis

Pensando nisso, no post de hoje trouxemos os tipos de anéis para que você possa sair do tradicional e explorar as possibilidades. Quando descobrir as infinidades de anéis, difícil mesmo será escolher só um.

Cheio de significados, o anel de debutante é um símbolo de grande marco na vida de uma mulher. Afinal, o anel representa um rito de passagem da fase infantil para a mocidade.

Assim, tradicionalmente, o anel de debutante é entregue pelo pai no aniversário de 15 anos de sua filha, após os votos de felicidade e conselhos que achar pertinente para guiar a sua entrada à fase adulta.

Mão utilizando dois anéis prateados e um com pedras azuis

Antigamente, ao usar o anel de debutante no dedo médio da mão direita, a jovem passava a sinalizar que já possuía permissão de seus pais para ser prometida ou pedida em casamento. Quando isso acontecia, o anel passava a ser utilizado no dedo anelar e, só após o matrimônio, passava à mão esquerda, considerando a crença antiga da veia do amor, como explicaremos.

  • Anel solitário

O anel solitário é mais usual em pedidos de casamento. Na verdade, o seu uso nos leva até a Grécia antiga, onde os gregos o utilizavam no dedo anelar da mão esquerda, pois acreditavam que nessa parte corporal uma veia se estendia até o coração. Logo, o solitário representava o amor capaz de tornar as relações duradouras para o todo sempre.

Mão utilizando anéis prateados e um solitários no dedo do meio

Somente em 1477, o anel solitário acabou ganhando o status de anel de noivado pelo imperador Maximiliano, quando o arquiduque decidiu pedir Maria da Borgonha em noivado com uma anel solitário de diamante. A partir daí o acessório passou a ser utilizado como um símbolo do casamento.

Mas, atualmente, a jóia atingiu outras modalidades de uso, visto que muitas mulheres já utilizam-se do acessório para complementar looks sem condicioná-lo ao âmbito matrimonial. Aliás, os anéis solitários mais usados hoje são aqueles com pedras de zircônia, que combinam com uma ampla diversidade de ocasiões – de festas de aniversários a pedidos de noivado.

Mas, embora não exista nenhum dado científico que possa comprovar que a vena amoris existe de fato, sendo capaz de ser ativada pelo anel solitário, em algumas culturas ainda é legítimo que o homem peça a mulher em casamento com o anel cravado com um diamante, remetendo ao primeiro anel solitário encomendado na Áustria do século XV.

  • Aliança de compromisso

Seguindo a mesma ideia dos anéis solitários, as alianças já eram utilizadas por povos antigos, mais precisamente os egípcios, consolidando a tradição do uso do anel no dedo anelar da mão esquerda.

Mão utilizando dois anéis prateados

Com a ascensão do Cristianismo, a aliança de noivado passou a ser comercializada e usada como uma forma de simbolizar a união dos noivos. Assim, durante o noivado, a aliança deveria ser utilizada na mão direita e, durante a cerimônia matrimonial, trocada para a mão esquerda, consolidando a união do casal.

Uma vez ligadas ao estabelecimento de um compromisso, alianças dificilmente são retiradas da mão, a não ser que a relação chegue ao fim. Isso se deve ao fato do artigo ser uma forma de representar a solidificação temporal do laço afetivo.

Por isso é comum que o casal opte por alianças mais neutras, em prata e em ouro, não só porque esses metais são altamente duráveis, mas também devido à versatilidade de combinações diárias que as cores dos metais permitem.

Aliás, seja em ouro e prata, a aliança ainda pode combinar com uma grande variedade de acessórios como brincos, pulseiras, berloques e colares, o importante é encontrar a harmonia e o equilíbrio entre os artigos.

  • Anel de formatura

Os anéis de formatura são sem dúvidas os modelos de anéis mais interessantes. Isso porque tais acessórios são utilizados no período de colação de grau, respeitando a cor e o brasão de cada curso e sempre com fins de simbolizar o compromisso ético e moral firmado no evento.

Mão utilizando anéis com pedrinhas brilhante e detalhes dourados

As principais pedras são: ametista, esmeralda, safira, rubi, turmalina e água marinha.

Sendo assim, para toda profissão existe uma pedra de anel específica, que compõe o anel geralmente dado de presente para os formandos pelas suas respectivas famílias no dia da formatura.

  • Anel falange

Além de modernos, os anéis falanges são muito delicados. O interessante desses acessórios é que são facilmente reconhecidos pelo seu design característico, afinal, diferente de um anel tradicional, o anel falange é utilizado em nossa falangeta, podendo ser colocado em qualquer um dos nossos 5 dedos, a depender do tamanho.

Mão com unhas compridas utilizando anéis dispostos em posições diferente entre os dedos

Um pouco menores do que os anéis convencionais e podendo ser encontrados em modelos reguláveis, os anéis falange são muito procurados por amantes de jóias, talvez pela sua sutileza de detalhes, talvez pelo seu toque refinado. Aliás, esses pequenos comportam variadas combinações, seja com colares, brincos e até pulseiras.

O importante é encontrar o equilíbrio das peças. A modernidade dos anéis falange conta pontos na hora de compor os looks, visto que podem complementar estéticas mais românticas e até mesmo propostas mais sóbrias e formais, muito usadas em uma reunião de trabalho, por exemplo.

Agora, para aquelas pessoas apaixonadas por anéis, utilizar maxi anel com vários designs e simetrias diferentes é uma forma auspiciosa e até mesmo elegante de expressar o poder desses acessórios. Aliás, você sabia que o uso dos anéis em cada um de nossos dedos possui significados diferentes? Inclusive, aqui no blog já temos um post tratando desse assunto, vale a pena conferir.

Mão utilizando vários anéis de diversos tamanhos e disposições

Viu só quantos tipos de anéis existem? Conta pra gente aí nos comentários, você já usa ou já usou algum anel de nossa listinha, seja para firmar um compromisso ou para arrasar no visual?

Se gostou do post, você certamente vai gostar das nossas demais publicações aqui no blog. Então, navegue pelas nossas categorias e descubra conteúdos riquíssimos sobre o universo das joias de prata.

Fique com a gente que semana que vem tem mais.

Até a próxima!

Anterior

Mão de Fátima ou Hamsá: os segredos da simbologia

Presente de 1 ano de namoro: para surpreender a pessoa amada!

Próximo

Deixe um comentário